Buscar
  • Biofisio

A importância da família no processo de reabilitação do paciente.




A família é um conjunto de pessoas que se encontram, ligadas por laços afetivos, têm objetivos em comum, e um funcionamento específico. No caso desse funcionamento ser alterado, como quando um dos membros está em processo de reabilitação, é natural que surjam dúvidas e insegurança em todo e qualquer membro da família. Independente da patologia que acometeu o paciente e da idade do mesmo, a participação da família é fundamental, seja na ajuda com os cuidados diários, ou os acompanhando aos atendimentos, dando carinho e atenção, tendo paciência, e permitindo que o paciente exerça sua autonomia (dentro da sua capacidade, apesar das limitações).

O apoio familiar é muito importante, sendo mais ainda durante o tratamento, porém esse papel no trato com o paciente não é fácil, pois vários são os sentimentos que ela pode apresentar diante dessa situação, tais como culpa preconceito e incapacidade.

Os familiares tornam-se essenciais no processo de tratamento do paciente, no entanto necessitam saber como lidar com as situações estressantes, evitando comentários críticos ao paciente ou se tornando exageradamente super protetores, dois fatores que reconhecidamente provocamtristeza tanto na família quanto o beneficiário Torna-se muito importante que os familiares dosem o grau de exigências em relação ao paciente, exigindo assim mais do que ele pode realizar em dado momento, porém sem deixá-lo abandonado, ou sem participação na vida familiar.

O papel da família e importantíssimo em todas as fases do processo terapêutico, porém fundamental no inicio do tratamento onde o paciente ainda não percebe claramente que aquilo que acontece com ele é decorrente de uma doença, sendo que para este alucinações e delírios são reais, dizer ao paciente que tudo não passa de sua imaginação não resolve, ao contrario isso aumenta sua resistência ao tratamento. Tanto a família quanto a equipe responsável pelo paciente necessitam estar alinhadas objetivando adquirir confiança e vinculo, para que se estabeleça uma relação de confiança e de aceitação ao tratamento, o que ira garantir a efetivação do tratamento e conseqüente melhora.

É importante que a família sinta que ode fazer algo para ajudar o seu familiar a recuperar-se quando tal e possível e, mesmo quando não é, que seja capaz de compreender a situação e acompanhar o paciente, dando apoio, compreensão, carinho e dedicação.

207 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Reabilitação pós COVID-19 em Guarulhos

A Covid-19 acarretou uma crise na saúde sem precedentes em nível mundial, ocasionando altas taxas de internação hospitalar e óbitos. O sistema respiratório é o mais afetado e os sintomas podem ser var

Janeiro Branco: A importância da saúde mental.

O Janeiro Branco é uma campanha que chama a atenção para uma questão muito importante: saúde mental. A campanha ainda é nova e tem como objetivo mobilizar a sociedade em favor da saúde mental, quebran